Exemplo de evangelização em família: Pastoral Familiar no RS

casal born4A vocação para a vida em família, comemorada no domingo 11 de agosto, é o ponto de partida de uma série de atividades realizadas nas paróquias de todo o Brasil. São iniciativas que, em geral, ganharam força com o início das atividades da Pastoral Familiar (PF) a partir de 1981.
O casal João Henrique e Neiva Born são microempresários que participam da Pastoral Familiar há quase 31 anos, na Paróquia Nossa Senhora do Trabalho, em Porto Alegre (RS). A ação da Pastoral é desenvolvida em três frentes: pré-matrimônio, pós-matrimônio e casos especiais.
Atualmente, o casal procura criar harmonia entre o trabalho da Pastoral Familiar e a Pastoral do Batismo. “Na prática, pelo menos 70% dos pais que chegam para batizar seus filhos não têm o sacramento do matrimônio, mesmo estando aptos para recebê-lo. É aí que esse intercâmbio precisa agir para bem acolher as crianças e dar incentivo de fé na vida dos casais, que podem contar com o apoio e a experiência trazidos pela Pastoral Familiar”, explica João Henrique Born, casado com Neiva há 44 anos.
Os casais que procuram o apoio da Pastoral Familiar também devem saber que, independentemente de qualquer que seja a situação experimentada por eles, nada lhes é questionado. “Nós não perguntamos nada, acolhemos sempre e deixamos todos muito à vontade para falar um pouco da sua história e realidade de vida, mas se eles quiserem contar”, esclarece Neiva.  
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agenda Paroquial 2020

Pesquisar

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog