Sejam Bem vindos, Voluntários do Sertão!



PROJETO VOLUNTÁRIOS DO SERTÃO!!!

São cerca de 250 profissionais de diversas especialidades da área de saúde.

Atendimentos médico e odontológico durante uma semana.
É GENTE CUIDANDO DE GENTE!! 
Os 250 voluntários vão realizar consultas, exames, cirurgias, mamografias, ultrassonografias e outros...

Sejam Bem Vindos!
Paróquia de São José - Una/BA

Share:

Domingo da Divina Misericódia

O Domingo da Divina Misericórdia é celebrado no domingo seguinte a Solenidade de Páscoa em todas as Igrejas do mundo. A data foi instituída pelo, na época, Papa João Paulo II, em 30 de abril do ano de 2000.

Na Paróquia de São José (Una/BA) a Celebração da Divina Misericórdia foi organizada pela Pastoral Familiar.


Procissão de Entrada

Procissão de Entrada

Ato Penitencial

Ato Penitencial

Ministério de Música


 Ministério de Leitores

Homilia - Padre Gilvan



Ofertório


Aniversariantes da Semana
Share:

Cristo Ressuscitou, Aleluia!




Cristo Ressuscitou, Aleluia! “Exulte o céu, e os Anjos triunfantes, mensageiros de Deus, desçam cantando; façam soar trombetas fulgurantes, a vitória de um Rei anunciando”.

É assim que a Igreja celebra o anúncio da vitória da Vida sobre a morte, da Luz sobre as trevas: Cristo Ressuscitou, Aleluia! No céu se realiza essa grandiosa festa entre os anjos que, cumprindo a missão a eles confiada, descem para a terra e comunicam aos homens essa linda realidade. A festa do céu chegou até nós! Aquele que estava morto vive! O fogo novo do Círio Pascal entra na igreja ainda escura para mostrar essa vitória da vida sobre a morte.

A luz nova que entra na igreja é o sinal da Luz de Cristo que também chega até os nossos corações. Todos são iluminados, só precisamos deixar que essa Luz Verdadeira penetre o mais profundo em nosso ser, dissipando qualquer sombra e erradicando em nós as raízes da vida velha. A Páscoa é muito mais que a “festa do chocolate”. Para nós, resgatar o verdadeiro sentido desta solenidade é questão de crescimento na nossa identidade de cristãos autênticos.

A ressurreição de Cristo dá o sentido de todas as outras festas cristãs, enche de esperança os sofrimentos e inaugura um tempo novo de crescimento rumo à realização do projeto de Deus também para nós. Aquele que morreu por nós, também por nós ressuscitou, para deixar claro que esse projeto do Pai também se realizará nas nossas vidas.

Feliz Páscoa!

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova
Share:

CELEBRAÇÕES DA SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO: SANTA MISSA E VIA SACRA NAS RUAS DE UNA

Hoje os fiéis relembraram a morte de Jesus Cristo. As igreja católica de São José de Una teve uma programação especial durante esta Sexta-feira Santa. 

A ‘Sexta-Feira da Paixão’, é a data em que os cristãos recordam o julgamento, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos. 
Na programação tivemos a missa solene as leituras e reflexões voltadas ao tema do dia e a Via Sacra por ruas de cidade, onde houve a uma grande participação dos grupos, movimentos, pastorais e a comunidade em geral. Confira as fotos abaixo.
Seguindo a programação ainda teremos a Bença do Fogo no sábado as 20h e a missa da Páscoa (ou Ressurreição) que acontece no domingo, a partir das 19h, na paróquia da cidade. 

































Share:

Sexta-feira Santa



jesus-na-cruzNeste dia celebramos a paixão e morte de Jesus Cristo. O silêncio, o jejum e a oração devem marcar este dia que, ao contrário do que muitos pensam, não deve ser vivido em clima de luto, mas de profundo respeito diante da morte do Senhor que, morrendo, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna.
Às 15 horas, horário em que Jesus foi morto, é celebrada a principal cerimônia do dia: a Paixão do Senhor. Ela consta de três partes: liturgia da Palavra, adoração da cruz e comunhão eucarística. Depois deste momento não há mais comunhão eucarística até que seja realizada a celebração da Páscoa, no Sábado Santo.

Ofício das Trevas
Trata-se de um conjunto de leituras, lamentações, salmos e preces penitenciais. O nome surgiu por causa da forma que se utilizava antigamente para celebrar o ritual. A igreja fica às escuras tendo somente um candelabro triangular, com velas acesas que se apagam aos poucos durante a cerimônia.
Sermão das Sete Palavras
Lembra as últimas palavras de Jesus, no Calvário, antes de sua morte. As sete palavras de Jesus são: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem…”, “Em verdade te digo: hoje estarás comigo no Paraíso”, “Mulher, eis aí o teu filho… Eis aí a tua Mãe”, “Tenho Sede!”, “Eli, Eli, lema sabachtani? – Meu Deus, meus Deus, por que me abandonastes?”, “Tudo está consumado!”, “Pai, em tuas mãos entrego o meu Espírito!”. Neste dia, não se celebra a Santa Missa.
Por volta das 15 horas celebra-se nas igrejas católicas a Solene Ação Litúrgica comemorativa da Paixão e Morte de Jesus Cristo. À noite as paróquias fazem encenações da Paixão de Jesus Cristo com o Sermão do Descendimento da Cruz e em seguida a Procissão do Enterro, levando o esquife com a imagem do Senhor morto.
Prof. Felipe Aquino

Fonte: http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2014/04/18/sexta-feira-santa/
Share:

Paróquia de São José (Una-BA) celebrou a Missa "In Coena Domini" na Quinta-feira Santa

A Paróquia de São José (Una-Ba) celebrou na quinta (17), às 19 horas, a missa "In Coena Domini", primeiro dia do sagrado Tríduo Pascal, onde foi instituída a Eucaristia e o Sacerdócio Ministerial.
O rito litúrgico relembrou também o gesto do lava-pés, onde Jesus Cristo deu exemplo de humildade ao lavar os pés de seus discípulos. Após a missa houve a trasladação do Santíssimo Sacramento para o altar da reposição, onde ficou exposto para a adoração até às 23horas.

Missa In Coena Domini (*)
A celebração da Quinta-feira Santa como memória especial da Ceia do Senhor tem sua primeira notícia histórica no Século IV. O Sacramentário de Gelásio (século VII [?]) traz três missas: a primeira era para a reconciliação dos penitentes, inclusive, tinha a mesma antífona que cantamos hoje; a segunda era a Missa Crismal, da Bênção dos Santos Óleos; e a terceira comemorava a Instituição da Eucaristia.
No século VI e VII, a Quinta-feira Santa era chamada de "Natalis Calicis". Até antes da reforma, era chamada de "Feria V in Coena Domini". Após a reforma litúrgica, a terminologia passou a ser "Feria V Hebdomadae Sanctae" (Quinta-feira da Semana Santa) para a terminologia geral e para as duas missas celebradas neste dia.

Comentarista

Procissão de Entrada

Procissão de Entrada






Proclamação do Evangelho
Santíssimo Sacramento
Adoração a Jesus Cristo na Eucaristia

Trasladação do Santíssimo Sacramento


Adoração ao Santíssimo Sacramento

Adoração ao Santíssimo Sacramento
Share:

Agenda Paroquial 2021

Pesquisar

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog