"João XXIII e João Paulo II poderão nos ajudar a viver o Evangelho", afirma dom Leonardo Steiner


Pela primeira vez na história da Igreja, dois papas serão canonizados em um mesmo dia, na mesma cerimônia. João XXIII e João Paulo II se tornarão santos neste domingo, 27, durante missa presidida pelo papa Francisco e concelebrada pelo papa emérito Bento XVI e os cardeais e bispos presentes, na Praça de São Pedro. A celebração contará com a participação de milhares de fieis. São esperadas delegações de mais de 100 países e, ao menos, 24 chefes de Estado.
Para o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, o papa Francisco teve uma “feliz iniciativa” ao querer canonizar os dois papas. “São dois grandes homens que serão canonizados, colocados diante de nós como exemplos de pessoas que poderão nos ajudar a viver o Evangelho”, afirma dom Leonardo Steiner.
O bispo explica que a Igreja vive hoje das iniciativas de João XXIII e o define como um “homem experiente, que foi núncio apostólico em diversos países”. Segundo dom Leonardo, João XXIII percebeu que a Igreja precisava de uma renovação e por isso convocou o Concílio Vaticano II, para dar vida nova à Igreja e colocá-la em movimento. “João XXIII mudou o modo de ser papa. Um homem simples, relacional, próximo das pessoas, tinha a linguagem do povo. Um grande homem, com muito amor à Igreja”, ressalta.
Com relação a João Paulo II, dom Leonardo diz que ele foi o “arauto da paz”. Acrescenta que foi um homem peregrino, que visitou diversos países. “Não teve receio de dizer o que pensava, sempre soube marcar a presença da Igreja. Ao final da sua vida, João Paulo II, ofereceu o próprio sofrimento a Deus por amor à Igreja”.

Fonte: http://www.cnbb.org.br/imprensa-1/internacional/14092-joao-xxiii-e-joao-paulo-ii-poderao-nos-ajudar-a-viver-o-evangelho-afirma-dom-leonardo-steiner
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agenda Paroquial 2020

Pesquisar

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog