Igrejas de Serra Leoa se unem na luta contra o ebola



Foto: AFP
Igrejas de Serra Leoa se uniram à luta contra a epidemia de ebola que está devastando o país. Na capital, Freetown, a Igreja de Santo Antônio prega a prevenção entre os fiéis.

A Igreja Católica de Santo Antônio, em Freetoown, tem encorajado os fieis a não esperar apenas a intervenção divina, mas sim tomar medidas para combater o vírus mortal.

No país profundamente religioso, padres e Imãs para a população de maioria muçulmana ajudam a divulgar informações sobre a doença.

“Como igreja temos tentado combater a situação. Uma das formas é lembrá-los constantemente durante os sermões da importância de cuidar da saúde muito bem”, afirmou Martin P. L. Bassie, Reverendo da Igreja de Santo Antônio.

ONU pede aumento drástico de ajuda contra o ebola 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o ebola infectou mais de 2.000 pessoas em Serra Leoa, com cerca de 600 mortes.

“O sermão é tão bom. Nos tocou e vamos segui-lo”, disse Anna Georg, membro da Igreja de Santo Antônio.

“Os reverendos têm cooperado muito passando a mensagem. Sempre nos advertem para nos cuidar. Estão fazendo um excelente trabalho”, afirmou Peter Kamara, Membro da Igreja de Santo Antônio.

Com a superstição e a falta de informação atrapalhando os esforços contra a epidemia, muito esperam que a população ponha em prática a pregação dos líderes religiosos.

Fonte: https://www.rs21.com.br/?p=126241
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agenda Paroquial 2020

Pesquisar

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog