Sobre reforma da Cúria, Dom Odilo cita mudança de mentalidade


“Se fosse simplesmente para fazer uma reforma administrativa, burocrática, isso seria rápido e fácil, mas se trata de algo mais, se trata de uma mudança de mentalidade”
Da Redação, com Rádio Vaticano
papa_cardeal
Papa Francisco e Arcebispo de São Paulo, Cardeal Odilo Scherer / Foto: Arquivo-CNBB
O Arcebispo de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, está em Roma por ocasião do Consistório Extraordinário que aconteceu na última semana. Na manhã desta segunda-feira, 16, em entrevista à Rádio Vaticano, Dom Odilo falou sobre a reforma da Cúria Romana e sobre a missão que os cardeais devem exercer como colaboradores do Papa no governo da Igreja.
Dom Odilo explicou que a reforma já vem acontecendo, mas, que não é algo realizado de um momento para o outro. Ele destacou que não se trata simplesmente de uma mudança administrativa e burocrática mas sim, de uma mudança de mentalidade.
“Trata-se também de uma participação mais profunda e, eu diria até espiritual e mística no serviço do Papa em relação a toda Igreja e isso requer uma reflexão maior da qual os cardeais todos participaram com muitas intervenções, sugestões e observações, sobre o projeto que foi apresentado pelo grupo dos 9 cardeais e que agora continua a ser trabalhado e elaborado.”
No Consistório do último sábado, o Papa Francisco criou 20 novos cardeais, de 14 países, dos quais, quatro contam pela primeira vez com uma sede cardinalícia: Cabo Verde, Panamá, Tonga e Myanmar (ex-Birmânia).
Para o Arcebispo de São Paulo, essas últimas nomeações mostram que o colégio cardinalício é representativo da Igreja toda e por isso os países e regiões do mundo onde os católicos são poucos, como no Oriente, também devem participar do colégio dos cardeis, que trata de questões importantes do ministério do papa.
“Vai ficando mais e mais claro que, de fato o colégio cardinalício, colégio de cooperação com o Papa não é um grupo de elite, privilégios e prestígio como talvez ainda está na opinião pública, na mentalidade corrente. Mas o colégio cardinalício é o colégio dos estreitos conselheiros colaboradores do Papa, que o ajudam a ter essa percepção da Igreja no mundo todo.”
Fonte: http://noticias.cancaonova.com/sobre-reforma-da-curia-dom-odilo-cita-mudanca-de-mentalidade/
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agenda Paroquial 2020

Pesquisar

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog