Católicos festejam São Pedro e São Paulo no dia 28.06.2015

São Pedro, o primeiro Papa da Igreja Católica, e São Paulo, considerado o maior missionário da Bíblia, são lembrados na missa do dia 28 de junho do corrente ano. Para isso a Pastoral do Batismo preparou diversas dinâmicas para lembrar a importância destes homens para a propagação da Palavra de Deus.
Ao final da missa a Pastoral do Batismo por meio de uma mensagem lembrou que dia 27 de junho de 2010, foi empossado como Administrador Paroquial da Paróquia de São José no município de Una, o Padre Gilvan Souza de Oliveira, comemorando 05 anos de proclamação da Palavra de Deus aos católicos unenses.
Obrigado Padre Gilvan.











Share:

Tríduo e Festa ao Sagrado Coração de Jesus



No período de 11.06 a 12.06 aconteceu em nossa Paróquia o Tríduo e a Festa do Sagrado Coração de Jesus, realizado pelo Apostolado de Oração de nossa comunidade. A devoção ao Coração de Jesus existe desde os primeiros tempos da Igreja, desde que se meditava no lado e no Coração aberto de Jesus, de onde saiu sangue e água. Desse Coração nasceu a Igreja e por esse Coração foram abertas as portas do Céu.


A devoção ao Sagrado Coração, de um modo visível, aparece em dois acontecimentos fortes do Evangelho: no gesto de São João, discípulo amado, encostando a sua cabeça em Jesus durante a Última Ceia (cf. Jo 13,23); e, na cruz, onde o soldado abriu o lado de Jesus com uma lança (cf. Jo 19,34).
As 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus
Em um acontecimento, temos o consolo de Cristo pela dor na véspera de Sua morte. No outro, o sofrimento causado pelos pecados da humanidade. Esses dois exemplos do Evangelho nos ajudam a entender o apelo de Jesus feito, em 1675, a Santa Margarida Maria Alacoque: “Eis este coração que tanto tem amado os homens. Não recebo da maior parte senão ingratidões, desprezos, ultrajes, sacrilégios e indiferenças. Eis que te peço que a primeira sexta-feira depois da oitava do Santíssimo Sacramento (Corpo de Deus) seja dedicada a uma festa especial para honrar o Meu coração, comungando, neste dia, e dando-lhe a devida reparação por meio de um ato de desagravo para reparar as indignidades que recebeu durante o tempo em que esteve exposto sobre os altares. Prometo-te que o Meu Coração se dilatará para derramar com abundância as influências de Seu divino amor sobre os que tributem essa divina honra e que procurem que ela lhe seja prestada.”
O beato João Paulo II sempre cultivou essa devoção e sempre a incentivou a todos que desejam crescer na amizade com Jesus. Em 1980, no dia do Sagrado Coração, ele afirmou: “Na solenidade do Sagrado Coração de Jesus, a liturgia da Igreja concentra-se, com adoração e amor especial, em torno do mistério do Coração de Cristo. Quero, hoje, dirigir, juntamente convosco, o olhar dos nossos corações para o mistério desse coração. Ele falou-me desde a minha juventude. A cada ano, volto a esse mistério no ritmo litúrgico do tempo da Igreja.”

Share:

Encontro de Formação da Pastoral Familiar: Casos Especiais


A Pastoral Familiar da Forania Sul da Diocese de Itabuna realizou no último dia 07.06 o Encontro de Formação para Casos Especiais. O encontro foi coordenador pelo Casal Sinval e Darci, casal coordenador da Pastoral Familiar em nível de forania.
É relevante esclarecer que a população de atendimento do Setor Casos Especiais está diluída em toda a população de famílias que é objeto de atendimento da Pastoral Familiar. Praticamente toda família, ao menos em um ou outro momento, vive alguma forma de dificuldade que oportuniza o atendimento do Setor Casos Especiais.
Na “Familiaris consortio”, publicada em novembro de 1981, portanto já há mais de três décadas, o Papa João Paulo II enumerava quase três dezenas de situações que chamou de “casos difíceis”, que requerem um cuidado especial e que, na estrutura proposta para a Pastoral Familiar, representam desafios para o Setor Casos Especiais. Hoje, com as novas tecnologias e mudanças sociais e culturais, muitas outras situações especiais se somam àquelas exemplificadas na FC.







Share:

Missa de Corpus Christi reúne fiéis na Paróquia de São José de Una/Ba



Para os católicos, quinta-feira (04.06) foi dia de Corpus Christi. Uma data que celebra a presença real de Jesus na hóstia e no vinho consagrado. Uma tradição instituída pelo papa Urbano IV que completa 751 anos. Naquela manhã, o Padre Gilvan Oliveira presidiu a celebração eucarística, na Igreja Matriz de São José.
Após a celebração, o Padre Gilvan conduziu a tradicional procissão com o Santíssimo Sacramento.



























Share:

Missa da Santíssima Trindade e Coroação de Nossa Senhora- 31.05



No domingo do mês de maio (31) a Paróquia de São José de Una/BA celebrou em união com todo o mundo a Santíssima Trindade.
A Santíssima Trindade é um mistério de um só Deus em três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.
Pai que é Deus, que é Amor: somente o Pai que ama respeita a liberdade de seu filho.
Filho que é Jesus Cristo: é o Deus visível que se fez homem, nascendo da Virgem Maria para cumprir a vontade de Deus de libertar os homens do pecado.
Jesus é Deus e as principais provas são:
a) O próprio Jesus diz-se Deus (Jo 10, 30 / 14, 7 e Lc 22, 67-70) .
b) Os milagres eram feitos pelo próprio Jesus, e não por meio de Jesus.
Espírito Santo que é o Amor do Pai e do Filho que nos é comunicado e transmitido. Segundo o CREDO, Jesus foi concebido pelo Poder do Espírito Santo, nascido da Virgem Maria. Maria foi então convidada a conceber Jesus e a concepção de Jesus foi obra do poder do Divino Espírito Santo: "O Espírito virá sobre Ti..." A missão do Espírito Santo está sempre conjugada e ordenada à do Filho, ou seja, toda a vida de Jesus manifesta a vontade do Pai que por sua vez é manifestada pelo Espírito Santo.
Na oportunidade os fieis realizaram a coroação de Nossa Senhora. A Coroação de Nossa Senhora é uma solenidade que objetiva saudar, louvar e honrar a Virgem Maria, reconhecendo a Sua Maternidade Divina e sua Maternidade Espiritual da humanidade. Ela é Mãe da Igreja e portanto, é Nossa MÃE, constituída por NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, no derradeiro momento da sua vida , quando encerrou o seu Divino testamento e morreu numa Cruz, em Jerusalém.























Share:

Agenda Paroquial 2021


Pesquisar

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog