Paróquia São José (Una/BA) realiza Procissão de Corpus Christi sem tapetes


Há anos, Una, no Sul da Bahia, reuni diversos fieis para preparar os coloridos tapetes de Corpus Christi. Mas, neste ano, por conta da pandemia do novo coronvírus e das recomendações de isolamento social, a confecção foi cancelada. Para quem participação da confecção dos tapetes, a data foi de reflexão.
Mesmo não tendo os coloridos tapetes a Procissão de Corpus Christi foi realizada. O Padre Nerivaldo Azevedo percorreu as principais ruas de todos os bairros da cidade de Una, pelo Hospital Municipal Frei Silvério e Instituição de Acolhimento Frei Silvério.
O Papa Bento XVI diz que “na procissão de Corpus Christi, acompanhamos o Ressuscitado no seu caminho pelo mundo inteiro. E, precisamente fazendo isto, respondemos também ao seu mandamento: “Tomai e comei… Bebei todos” (Mt 26, 26s.). Não se pode “comer” o Ressuscitado, presente na figura do pão, como um simples bocado de pão. Comer este pão é comunicar, é entrar em comunhão com a pessoa do Senhor vivo. Esta comunhão, este ato de “comer”, é realmente um encontro entre duas pessoas, é deixar-se penetrar pela vida d’Aquele que é o Senhor, d’Aquele que é o meu Criador e Redentor. A finalidade desta comunhão, deste comer, é a assimilação da minha vida à sua, a minha transformação e conformação com Aquele que é Amor vivo. Por isso, esta comunhão exige a adoração, requer a vontade de seguir Cristo, de seguir Aquele que nos precede”.
Por isso, a adoração e a procissão fazem parte de um único gesto de comunhão; que respondem ao seu mandamento: “Tomai e comei”, conclui o Papa Bento XVI.






































Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agenda Paroquial 2020

Pesquisar

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog